Networking em Tempos de Distanciamento Social

É um fato que o distanciamento social que estamos vivenciando mudou a forma como fazemos as coisas e fez com que nos reinventássemos para atingirmos os nossos objetivos e continuarmos nossos projetos. Com o nosso networking não foi diferente. A necessidade de criamos vínculos profissionais neste momento continua sendo essencial para nos destacarmos e sermos lembrados na hora de uma oportunidade.

person using black iPad

Mas o que seriam esses vínculos?

Como disse o consultor de carreiras Emerson Dias, durante uma entrevista: “Procurar as pessoas somente quando tiver necessidade não cria vínculos”. Vínculos devem ser relações consistentes, em que haja conexão entre as partes, seja por meio de um assunto de interesse, uma característica em comum, uma troca de informações, entre outros. Então um vínculo deve ser uma relação que é suprida com certa frequência.

Como criar ou alimentar conexões com conhecidos?

Quanto às pessoas que você já conhece minimamente, utilizar as redes sociais neste momento pode ser o melhor meio de criar conexões agregadoras para ambas as partes. 

Atente-se aos assuntos de interesse do conhecido, as competências e habilidades que ele(a) possui, assim como suas dificuldades. A partir disso, você pode enviar um texto sobre o assunto de interesse da pessoa, compartilhar vagas de emprego que ela se identificaria, agregar conhecimento ensinando um software que você domina, entre outros.

“Quando respondemos às necessidades imediatas de outras pessoas em nossa rede, é muito mais provável que elas estejam lá para nós quando precisarmos”, diz Kelly Hoey, especialista em redes e autora de “Build Your Dream Network: Forging Powerful Relationships In A Hyper-Connected World” (Construa Sua Rede de Conexões dos Sonhos: Moldando Relações Poderosas em um Mundo Hiper Conectado, em tradução livre). Logo, é importante que os seus conhecidos saibam em que você está trabalhando ou o que está estudando para que saibam, também, a melhor forma de te apoiar.

Esteja em constante aprimoramento para ampliar sua Network

Estar informado é essencial para manter uma boa conversa e demonstrar sua relevância à outra pessoa, então leia revistas, acompanhe as notícias, faça cursos online, participe de webinars ou qualquer outra fonte de informação que você se interesse. É importante se atentar para obter informações sempre de fontes confiáveis, pois repassar materiais falsos pode comprometer sua reputação.

person using MacBook Pro

Busque ser proativo para atingir profissionais que você deseja criar vínculos. Às vezes você tem um contato em comum com essa pessoa, então peça ajuda desse contato para conseguir o e-mail dele(a), saber dos seus interesses, ou até mesmo fazer uma ponte entre vocês dois. Se você não for próximo do contato em comum, inicie a abordagem de forma gentil, lembre algo que têm comum (como por exemplo, estudaram na mesma faculdade), sendo sincero sobre as suas intenções para não soar interesseiro. 

Se não tiver o contato em comum, estar com seu perfil no LinkedIn atualizado, com informações completas sobre você, sua carreira, competências e interesses, pode ser um bom pontapé para tentar uma conexão e chamar a atenção, fazendo a conversa inicial ser interessante para ambos os lados. No entanto, há outras formas de iniciar vínculos, como enviar um e-mail à alguém que estava no mesmo webinar que você ou à um palestrante com sua dúvida, entrar em rodas de conversas ou grupos de interesses comuns aos seus e ser ativo neles, se tornar próximo de professores durante a faculdade, entre outros. 

Ou seja, procure ser lembrado pelas pessoas à sua volta, apresente-se capacitado para assumir cargos e responsabilidades e se mostre útil e presente aos seus contatos que deseja criar vínculos.

Autora:

Carolina Plaster Petris - Estudante de Engenharia Naval e Oceânica na UFRJ e membra da equipe do PROMENAV da Liga Naval.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.